quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Que tal um cafezinho num banco xícara?

12:16
Tea Party: hora do chá mais original com o banco xícara




Por Kelly Stein

Brinquedo ou mobília? Ele pode ser os dois, dependendo do seu humor. A criação da designer britânica Holly Palmer, traz uma releitura do que seria os móveis no incrível país das maravilhas de Alice. Com o formato de xícara em cores vibrantes, o tea cup stool (banco xícara) pode decorar suas festas, casas e até mesmo virar brincadeira no quarto de seus filhos.


A parte de cima de cada xícara é fechada com plástico durável e pode ficar dentro de casa ou no quintal, ao ar livre.

Fonte do artigo e das imagens http://www.mexidodeideias.com.br/

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

As diferentes maneiras de consumir o café pelo mundo.

20:34

Café pelo mundo

Por Kelly Stein
Ele foi moeda em grandes negociações do passado, elegeu e derrubou líderes e foi inspiração para grandes ideias da humanidade. O café, cujo berço está lá na Etiópia, ganhou o mundo e conquistou xícaras de diferentes culturas, raças, credos. No meio de tanta diversidade, é natural que ele tenha recebido as mais variadas interpretações, receitas e modos de preparo. Para mim, é aí que está a beleza de tudo isso!

Já falei aqui sobre os nomes que os tipos de café podem receber de acordo com a técnica ou como é preparado, mas o assunto hoje é outro. Você sabia, por exemplo, que o grão é consumido em grande quantidade e pode ser encontrado gratuitamente em muitos lugares do México? Eu também não sabia até ver o quadro abaixo, da comunidade Manejo da Lavoura Cafeeira.


As diferenças são tantas que podem ser expressas no simples ato de escrever a palavra café.
Confira as diferentes grafias que a Revista Cafeicultura listou.

Alemanha – KAFFEE
China – KAFEI
Dinamarca – KAFFE
Egito – MASBOUT
Espanha – CAFÉ
Finlândia – KAHVI
França – CAFE
Grécia – KAFES
Havaí – KOPI
Holanda – KOFFIE
Hungria – KAVE
Inglaterra – COFFEE
Iraque – QAHWA
Israel – KAVAH
Itália – CAFFE
Rússia – KOFE
Tailândia – KAFE
Turquia – KAHVE

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Alimentos que reduzem o Colesterol.

19:09


Top 7 
Alimentos Para Reduzir o Colesterol 


Por Clínica Vida Natural
Se você tiver níveis altos de colesterol (ou deseja evitá-los), uma das primeiras coisas que você deve examinar é a sua dieta. 


Você está consumindo alimentos que ajudam a reduzir o colesterol? Ou tem evitado aqueles que aumentam? Se não, nós preparamos uma lista de 7 alimentos que devem estar no seu carrinho de compras e que prometem baixar o seu colesterol, naturalmente. 


AMÊNDOAS 

As amêndoas são trabalhadoras árduas quando se trata de reduzir seu colesterol. Primeiro, elas são ricas em gorduras insaturadas que ajudam a aumentar o colesterol HDL (saudável) enquanto reduzem LDL (ruim). Segundo, essas gorduras também ajudam a impedir que o colesterol LDL seja oxidado, o que é ótimo, porque o LDL oxidado é mais agressivo para as suas artérias e mais capaz de entupi-las. Inclua amêndoas na sua dieta. Mas tome cuidado com a quantidade: as amêndoas são ricas em calorias, e tudo que você precisa são 10-12 delas por dia. 

AZEITE DE OLIVE 



Este óleo é uma estrela no mundo da nutrição - rico em antioxidantes e gorduras monoinsaturadas que reduzem o mau colesterol (LDL) e elevam o bom (HDL). De fato, em um estudo que analisou pessoas com colesterol alto, amostras de sangue apresentaram menor potencial de formar coágulos duas horas após os pacientes do estudo comerem uma refeição com azeite de oliva. Isso porque o azeite é rico em compostos fenólicos, substâncias vegetais que tornam o sangue menos susceptível a coagular. Tudo o que você precisa é de cerca de 2 colheres de sopa por dia para se beneficiar (use-o no lugar de outras gorduras). 

ASPARGOS NO VAPOR 


Não há nada de errado com um prato de legumes cozidos na sua dieta, mas preparar no vapor pode ajudar a manter as propriedades medicinais de alguns alimentos, incluindo os aspargos. Outros vegetais que melhoram após um tempo curto no vapor são: beterraba, quiabo, cenoura, berinjela, feijão verde e couve-flor. Pesquisadores acreditam que cozinhar estes vegetais no vapor pode ajudá-los a eliminar ácidos biliares, o que significa que o fígado precisa gastar colesterol LDL para fabricar a bile. Resultado: menos colesterol ruim na sua circulação. 

MINGAU DE AVEIA 


Sua mãe estava certa! Começar o dia com uma tigela de mingau de aveia é uma opção inteligente. De todos os cereais integrais, a aveia é a melhor fonte de fibra solúvel - o tipo de fibra que forma um gel e previne que o colesterol seja absorvido na corrente sanguínea. Tenha como alvo comer de 5 a 10 gramas de fibra solúvel por dia. Se você comer 1 xícara de farinha de aveia cozida no café da manhã, você já tem 5 gramas dessa fibra. Adicione ao mingau uma maçã picada e pronto, você já ganhou mais 3 gramas. 



MIRTILOS (BLUEBERRY) 


Você já deve ter ouvido que o mirtilo (blueberry, em inglês) é um superalimento. Qual a razão para tanta fama? Eles ajudam a manter suas artérias limpas, reduzindo os níveis sanguíneos de colesterol LDL. Os investigadores suspeitam que isso ocorre porque as amoras melhoram a função hepática. O resultado final: o colesterol é varrido para fora da circulação muito mais facilmente. Desfrute de mirtilos frescos, congelados ou liofilizados. Eles ainda têm os mesmos benefícios. 


TOMATES 


Coma tomates e seus derivados, ricos em licopeno, todos os dias por algumas semanas e você pode diminuir o seu mau colesterol LDL em quase 10%, de acordo com um estudo recente. Pesquisadores acreditam que o licopeno dos tomates inibe a produção de LDL, enquanto que, ao mesmo tempo, ajuda a quebrar essa gordura. Entretanto, o licopeno é melhor absorvido pelo corpo nos tomates cozidos. Você deve consumir pelo menos 25 miligramas de licopeno por dia para ter esse benefício, o que significa meia xícara de molho de tomate. 

ABACATES 



Eles estão repletos de gorduras monoinsaturadas e amigas do seu coração, que derrubam os triglicérides e o colesterol ruim, enquanto aumentam o colesterol bom. Prepare uma deliciosa guacamole para comer com saladas ou mesmo com pão integral torrado. 


Estes alimentos, associados com atividade física regular, repouso adequado, diminuição do consumo de açúcares refinados e gorduras de origem animal, vão ajudá-lo a manter seu colesterol dentro dos limites saudáveis, naturalmente! 


-------------------- 


Dr. Luiz Fernando Sella (adaptado de realage.com) - www.vidanatural.org.br http://www.portalnatural.com.br

Fonte das imagens: http://www.google.com.br

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Vai um sorvete de café ai?

14:20


Sorvete de café



Olá amigos a recieta de hoje vem lá do Mexido de ideias, a receita de sorvete de café é isso mesmo ,vamos usar o nosso cafezinho de todos os dias. 



Por Stela Morato
Máquinas de fazer sorvete são uma alegria quando compramos e outra quando nos desfazemos dela. Ocupa um espaço enorme, é bem chatinha para lavar e só tem uma função: fazer o tal do sorvete. Não vale o preço e o espaço que ocupam! Meu filho Gabriel discorda. Ele tem três e diz que usa sistematicamente, mas eu não sei não! Já me candidatei a experimentar o milagre da máquina na casa dele, mas ainda não rolou. Enfim, tudo isso para falar que é possível fazer sorvete com um processador. Quer saber como?

Receita de Sorvete de café
Tempo de preparo: 25 minutos mais 3 horas de freezer
Rendimento: 8 porções


Ingredientes
• 500 ml de chantili (feito com creme de leite fresco)
• 8 gemas
• 4 colheres (chá) de café instantâneo 3 corações
• 1 colher (chá) de extrato de avelã
• 1 xícara de pistache picado
• Frutas vermelhas para decorar ou figo maduro
• Mel

Modo de Preparo
Bata as gemas num processador até elas ficarem brancas (durante aproximadamente10 minutos). Acrescente o mel, o café, o extrato de avelã, o chantili e bata por mais 10 minutos.

Por fim, misture o pistache picado com cuidado e sem bater para evitar que ele fique muito triturado.

Coloque na forma e cubra com papel filme para evitar que o sorvete fique ressecado. Deixe no freezer por no mínimo 3 horas. Sirva com frutas vermelhas ou figo bem maduro.



Dica: Forre uma forma de bolo inglês com papel filme, assim fica mais fácil se quiser desenformar.

Fonte do artigo e das fotos: http://www.mexidodeideias.com.br
Postado por Dicas para Mulheres: http://dicasparamulhes.blogspot.com

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Para alguns aprender a colocar limites é difícil, mas é uma necessidade.



Só agora que tenho câncer, vou fazer o que quero. 


Por Dr. Cesar Vasconcellos de Souza 

Será que você precisa mudar sua vida profissional, seu modo de se relacionar com as pessoas e consigo mesmo para melhorar sua saúde e evitar doenças psicossomáticas? 

O título acima, "Agora que tenho câncer, vou fazer o que quero" é uma declaração de uma advogada norte-americana, muito bem sucedida financeira e profissionalmente. Ela teve câncer de mama, e quando recebia ajuda psicológica para lidar com o abalo emocional que ocorre com um diagnóstico deste, compreendeu que vinha fazendo na vida não o que ela realmente queria e gostava. Ela sempre desejou estar envolvida com música, mas sempre deixou isto de lado e tocou a vida para a frente como advogada. Depois que o câncer surgiu, ela decidiu mudar radicalmente sua vida profissional, passando a fazer o que sempre desejou: música. 

Lawrence LeShan, psicólogo que trabalhou mais de vinte anos só com pacientes terminais, verificou que pessoas portadoras de câncer que fizeram mudanças como esta feita pela advogada, tiveram uma recuperação da doença e uma sobrevida bem melhor e maior do que as que não fizeram mudança alguma. (ver livros dele como "O Câncer como Ponto de Mutação", "Brigando pela Vida"). 

O que você quer na vida? Não é necessariamente fácil identificar o que se deseja na vida. Há pessoas que ficam confusas sobre o que querem. Algumas pensam que querem algo, vão em busca, conseguem, e em seguida surge o vazio e a necessidade de redefinir o desejo. Muitas não identificam o desejo pessoal. 

Nem todas, mas muitas pessoas que desenvolvem um câncer, passam por cima de si mesmas em várias coisas na vida. Elas têm dificuldade de se impor no bom sentido da palavra. Se alguém pisa no pé delas, elas é que pedem desculpas! Não possuem canais adequados para expressar sentimentos, reprimindo-os demais. Apresentam importante dificuldade de colocar limites e, assim, são vítimas de abuso com alguma frequência.


Para estas pessoas, aprender a colocar limites é difícil, mas é uma necessidade. E precisam fazer isto como um treinamento, pois para elas não é algo natural. Geralmente se sentem culpadas se dizem “não”. Elas têm uma batalha pessoal dupla porque, precisam lutar para terem coragem de colocar limites e precisam se libertar da falsa culpa por fazer isto. Enquanto que para outras pessoas isto é muito natural, para aquelas mais tímidas é como se fosse um parto.


Algumas crianças nascem com tendência a serem passivas, submissas, dóceis, reflexivas, enquanto que outras nascem questionadoras, ativas, argumentativas, impulsivas. Estas últimas também podem desenvolver um câncer, porque ele é de múltiplas causas, incluindo tendência hereditária, poluição ambiental, alimentação ruim (rica em gordura de origem animal, etc.), estresse, etc. 

Entretanto, parece que alguns indivíduos que têm muita dificuldade de expressar emoções, canalizam inconscientemente para uma parte do corpo a tensão pela sobrecarga emocional não expressada e experimentada conscientemente. Daí surge naquela parte do corpo uma enfermidade que chamamos de “psicossomática”. O corpo ajuda a mente a não surtar. Enquanto aquela pessoa não conseguir lidar com suas tensões emocionais de maneira consciente e construtiva, o corpo irá absorver o conjunto de sentimentos e implodirá no seu ponto mais fraco (ou mais forte?), que chamamos de "órgão de choque", que é o órgão ou sistema onde naquela pessoa o estresse emocional mais se manifesta. 

Então, aprender a identificar desejos, colocar limites, expressar o que sente, emitir opiniões sem medo, impor respeito, pedir ajuda, dizer "não" ou "sim" mais próximo da verdade interior do que do desejo de agradar ou de não magoar os outros, colaboram para que a saúde melhore e algumas enfermidades que se manifestam no físico, mas que têm origem na mente, não ocorram ou se ocorrerem, sejam minimizadas e não tão agressivas contra a vida.

Fonte da imagem:http://www.google.com.br

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Que tal um cafezinho com hortelã?

08:20

Receita de café com hortelã


 Por Kelly Stein

Digestivas e calmantes, mastigá-las também é uma delicia. Sempre que vou ao restaurante Arábia, finalizo a refeição com um chá de hortelã. Mas, como não fico sem meu derradeiro café, pensei em juntar os dois. Outro dia, experimentei em casa, gostei muito. E se quiserem levar a sério o cultivo das ervas e temperos, recomendo o site Sabor da Fazenda. Nesse espaço é possível comprá-las e ter boas dicas de como cultivá-las.

Receita de café com hortelã
Tempo de Preparo: 5 minutos

Ingredientes:
Hortelã a gosto
Café tradicional 3 corações

Modo de Preparo:
Para fazer é super simples! Quando for preparar seu café, macere algumas folhas de hortelã fresca e coloque no filtro de café. Coloque o pó e a água quente e faça o café normalmente. Ele terá um delicioso toque! Sirva com folhinhas de hortelã para deixar mais bonito!

Fonte do artigo e da imagem:http://www.mexidodeideias.com.br/

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Cabelos Secos

08:00
Cabelos Secos: 


Tratamentos Naturais 


Cabelo muito seco a ponto de lhe incomodar. 

CAUSAS 
O jardim seco precisa de água; cabelos secos não necessitam de água, mas precisam de óleos naturais. 


TRATAMENTOS NATURAIS 

• Inclua em sua dieta suficientes alimentos ricos em ácidos graxos insaturados (óleos vegetais não aquecidos, como o gérmen de trigo, linhaça, gergelim, milho, soja ou óleo). 

• Não use o calor para arrumar o cabelo. O calor é muito intenso em chapinhas e produtos desta linha. Algumas mulheres usam rolos de garrafas plásticas não aquecidos. 

• Cabelos secos tendem a produzir pontas desgastadas. Apare-as a cada 6 semanas aproximadamente. 

• Evite ventos fortes “chicoteando” o cabelo, que também tendem a desgastar o cabelo. O melhor para as mulheres é não nadar com a cabeça descoberta; use uma touca de natação. Para proteção adicional, esfregue um pouco de azeite dentro da touca antes de colocá-la. 

• Use shampoo com cuidado, utilizando apenas shampoos leves. 

• Evite lavar os cabelos todos os dias 

INCENTIVO 
Você é uma criatura linda e preciosa para Deus. Lembre-se sempre de pedir ajuda a Ele, e Ele fará o melhor para você.

Fonte do Artigo  e da imagem:: http://www.portalnatural.com.br/

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Como manter a qualidade do café em pó.

19:31

Cuidados com o café em casa



A dica de hoje vem lá do Mexido de ideias. sobre os cuidados com o café em casa, as dicas são muito boas, você sabia que café é como tomate deve sempre ser fresco, então um bom café!!

Que o café é super sensível todo mundo sabe, mas conhecer truques e o que deve ser feito para conservar sua qualidade já é outra história. A especialista em cafés, Cleia Junqueira, sabe disso e explica quais são os cuidados que devem ser tomados em casa. 

Veja as Dicas:

Como armazenar o café- Achei a dica ótima
Podemos misturar o café novo com o antigo? 
Em quanto tempo consumir  o café depois de aberto?



Fonte do artigo e do Vídeo: http://www.mexidodeideias.com.br

domingo, 6 de novembro de 2011

Os benefícios da melancia.

09:14


Melancia



Uma fruta saudável 

A melancia é produzida por uma planta da mesma família a que pertencem também o melão, o maxixe, o pepino, a abóbora, a bucha e o chuchu. 

Uso Medicinal 

A melancia é levemente laxante, porém muito diurética. Por isso é indicada no reumatismo, nas ascites e nas obstruções renais. 

Com o uso da melancia em abundância, curam-se ou combatem-se as enfermidades da pele. 

Recomenda-se a melancia aos que sofrem de dores e gases intestinais, bem como aos que padecem de afecções das vias respiratórias, como bronquites crônicas, catarros pulmonares, etc. 

Exteriormente, usa-se a melancia no tratamento da erisipela. Aplica-se triturada, polpa e casca, em cataplasmas, ou o suco em pinceladas. 

Para combater as febres, toma-se o suco de melancia e aplicam-se fatias de melancia diretamente sobre o abdome. 

As sementes oleaginosas de melancia, trituradas, são úteis para o preparo de uma emulsão emoliente, que tem grande utilidade nas inflamações das vias urinárias. 

As orchatas (refrescos) preparadas com as sementes trituradas acalmam as dores produzidas por ferimentos. Os efeitos são notáveis. 

Em virtude do seu conteúdo em cucurbocitrina, as sementes têm o poder de dilatar os vasos capilares, reduzindo a pressão arterial. 


Valor Alimentício 

A melancia é dotada de extraordinário poder diurético e refrescante. Num dia de calor, nada tão bom como sentar-se à sombra de uma árvore e comer uma melancia bem madura. 

É uma fruta que deve ser comida bem fresca e madura, do contrário pode produzir cólicas e disenterias perigosas. 

Devemos “usar mas não abusar”. Os que abusam desta cucurbitácea, principalmente quando se trata de criança, muitas vezes são vítimas de diarréia. 

A melancia é uma fruta que dificilmente combina com outros alimentos sólidos ou líquidos. Devemos, pois, comê-la isoladamente, evitando misturas. Os que a consideram “fruta pesada” geralmente têm o hábito de usá-la em horário impróprio e em misturas inconvenientes. Na verdade, não se trata de “fruta indigesta”. 





Resumo das Utilidades Medicinais 

Acidose: Proceder como indicado em reumatismo. 

Ácido úrico, distúrbios no metabolismo do: Proceder como indicado em reumatismo. 

Alcoolismo: Proceder como indicado em reumatismo. 

Artrite: Proceder como indicado em reumatismo. 

Bexiga, doenças da: Proceder como indicado em reumatismo. 

Blenorragia: Proceder como indicado em reumatismo. 

Boca, chagas da: Bochechar com suco de melancia e proceder como indicado em reumatismo. 

Bronquite crônica: Proceder como indicado em respiratórias, doenças. 

Catarros pulmonares: Proceder como indicado em respiratórias, doenças. 

Cistite: Ver bexiga, doenças da. 

Constipação intestinal: Proceder como indicado em reumatismo. 

Digestão, distúrbios da: Proceder como indicado em reumatismo. 

Dispepsia: Proceder como indicado em reumatismo. 

Emoliente (para as vias urinárias): Proceder como indicado em urinárias, doenças das vias. 

Erisipela: Aplicar cataplasmas locais da polpa e casca trituradas. 

Eructações: Ver flatulência. 

Estômago, doenças do: Proceder como indicado em reumatismo. 

Febre: Tomar o suco de melancia fresco. Ou, aplicar fatias de melancia sobre o abdome, se houver causa intestinal. 

Ferimentos, dores produzidas por: Triturar as sementes em água com mel (liquidificar). Aplicar cataplasmas locais, renovando sempre. 

Flatulência: Proceder como indicado em reumatismo. 

Garganta, doenças da: Proceder como indicado em reumatismo. 

Gases intestinais: Proceder como indicado em reumatismo. 

Gota: Proceder como indicado em reumatismo. 

Hipertensão arterial: Proceder como indicado em reumatismo. Triturar as sementes em água no liquidificador, coar e tomar 3 ou 4 xícaras por dia. 

Intestino, doenças do: Proceder como indicado em reumatismo. 

Melancolia (relacionada a estados constipativos intestinais): Ver constipação intestinal. 

Obesidade: Proceder como indicado em reumatismo. 

Pele, doença da: Proceder como indicado em reumatismo. 

Prisão de ventre: Proceder como indicado em reumatismo. 

Renais, doenças: Proceder como indicado em reumatismo. 

Respiratórias, doenças: Comer esporadicamente melancia, substituindo uma refeição por esta fruta. 

Reumatismo: Fazer refeições só de melancia, esporadicamente. Passar um ou dois dias por semana, durante algumas semanas, não seguidas, só com melancia. Manter repouso nos dias de dieta com melancia. 

Urinárias, doenças das vias: Proceder como indicado em reumatismo. Triturar as sementes com um pouco de água no liquidificador, coar, e tomar três a quatro xícaras por dia.


Fonte da imagem: http://www.google.com.br/

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Criança faz o que vê.

11:58
O exemplo é a mais poderosa retórica.
(Thomas Brooks)

Ola amigos hoje quero partilhar com vocês um vídeo que conheci alguns dias e achei ele ótimo, ele traz uma mensagem sobre o poder que tem o exemplo dos pais e adultos para as crianças. O titulo é  A criança vê. A criança faz

A Campanha foi produzida na Austrália reportando a responsabilidade dos Pais, bem como dos adultos em geral, em ser exemplo para as nossas crianças. A frase final do vídeo reforça esta ideia " Make Your Influence Positive" (Faça sua influência ser positiva).
Fonte Canal no You Tube: Ed.Crista Evangelica




Dicas do Dicas para Mulheres: Lembre-se Que toda atitude sua por menor que seja não é insignificante que não possa influenciar uma vida, seja positivamente ou negativamente . Tenha certeza de uma coisa o exemplo , além de falar mais alto pode ajudar e também  causar danos.




Fonte do Vídeo: Ed. Crista Evangelica



Versículo para meditação
"Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele". Provérbios 22:6




Fonte da imagem: http://www.google.com.br/

sábado, 29 de outubro de 2011

O AVC é a primeira causa de óbitos no Brasil

19:42
O AVC é a primeira causa de óbitos no Brasil

Dia Mundial do AVC


29 de outubro, dia Mundial do AVC - A cada seis segundos, independentemente da idade ou sexo, alguém em algum lugar morre de um Acidente Vascular Cerebral (AVC). Isso, no entanto, é mais do que uma estatística de saúde pública. 

Organização Mundial de AVC ((World StrokeOrganization-WSO) está pedindo medidas urgentes para enfrentar a epidemia silenciosa, e lançou em 2010 a campanha de 2 anos “Um em cada seis” no Dia Mundial do AVC, 29 de Outubro. http://www.abavc.org.br/

O que é um AVC 

O acidente vascular cerebral (acrônimo: AVC), ou acidente vascular encefálico (acrônimo: AVE), vulgarmente chamado de derrame cerebral, é caracterizado pela perda rápida de função neurológica, decorrente do entupimento (isquemia) ou rompimento (hemorragia) de vasos sanguíneos cerebrais. É uma doença de início súbito na qual o paciente pode apresentar paralisação ou dificuldade de movimentação dos membros de um mesmo lado do corpo, dificuldade na fala ou articulação das palavras e déficit visual súbito de uma parte do campo visual. Pode ainda evoluir com coma e outros sinais. 


Trata-se de uma emergência médica que pode evoluir com sequelas ou morte, sendo a rápida chegada no hospital importante para a decisão terapêutica. No Brasil, a principal causa de morte são as doenças cardiovasculares (cerca de 1 a cada 3 casos), com o AVC representando cerca de 1/3 das mortes por doenças vasculares, principalmente em camadas sociais mais pobres e entre os mais idosos. É o problema neurológico mais comum em algumas partes do mundo gerando um dos mais elevados custos para as previdências sociais dos países. [1] 


Dentre os principais fatores de risco para AVC estão: a idade avançada, hipertensão arterial (pressão alta), tabagismo, diabetes, colesterol elevado, acidente isquêmico transitório (AIT) prévio, estenose da válvula atrioventricular e fibrilação atrial 


Principais fatores de risco 

Hipertensão arterial: é o principal fator de risco para AVC. Na população, o valor médio é de "12 por 8"; porém, cada pessoa tem um valor de pressão, que deve ser determinado pelo seu médico. Para estabelecê-lo, são necessárias algumas medidas para que se determine o valor médio. Quando este valor estiver acima do normal daquela pessoa, tem-se a hipertensão arterial. Tanto a pressão elevada quanto a baixa são prejudiciais; a melhor solução é a prevenção. Deve-se entender que qualquer um pode se tornar hipertenso. Não é porque mediu uma vez, estava boa e nunca mais tem que se preocupar. Além disso, existem muitas pessoas que tomam corretamente a medicação determinada porém uma só caixa. A pressão está boa e, então, cessam a medicação. Ora, a pressão está boa justamente porque está seguindo o tratamento. Geralmente, é preciso cuidar-se sempre, para que ela não suba inesperadamente. A hipertensão arterial acelera o processo de aterosclerose, além de poder levar a uma ruptura de um vaso sangüíneo ou a uma isquemia. 

Doença cardíaca: qualquer doença cardíaca, em especial as que produzem arritmias, podem determinar um AVC. "Se o coração não bater direito"; vai ocorrer uma dificuldade para o sangue alcançar o cérebro, além dos outros órgãos, podendo levar a uma isquemia. As principais situações em que isto pode ocorrer são arritmias, infarto do miocárdio, doença de Chagas, problemas nas válvulas, etc. 

Colesterol: o colesterol é uma substância existente em todo o nosso corpo, presente nas gorduras animais; ele é produzido principalmente no fígado e adquirido através da dieta rica em gorduras. Seus níveis alterados, especialmente a elevação da fração LDL (mau colesterol, presente nas gorduras saturadas, ou seja, aquelas de origem animal, como carnes, gema de ovo etc.) ou a redução da fração HDL (bom colesterol) estão relacionados à formação das placas de aterosclerose. 

Tabagismo: O hábito é prejudicial à saúde em todos os aspectos, principalmente naquelas pessoas que já têm outros fatores de risco. O fumo acelera o processo de aterosclerose, diminui a oxigenação do sangue e aumenta o risco de hipertensão arterial. 

Consumo excessivo de bebidas alcoólicas: quando isso ocorre por muito tempo, os níveis de colesterol se elevam; além disso, a pessoa tem maior propensão à hipertensão arterial. 

Diabetes: é uma doença em que o nível de açúcar (glicose) no sangue está elevado. A medida da glicose no sangue é o exame de glicemia. Se um portador desta doença tiver sua glicemia controlada, tem AVC menos grave do que aquele que não o controla. 

Idade: quanto mais idosa uma pessoa, maior a sua probabilidade de ter um AVC. Isso não impede que uma pessoa jovem possa ter. 

Sexo: até aproximadamente 50 anos de idade os homens têm maior propensão do que as mulheres; depois desta idade, o risco praticamente se iguala. 

Obesidade: aumenta o risco de diabetes, de hipertensão arterial e de aterosclerose; assim, indiretamente, aumenta o risco de AVC. 

Anticoncepcionais hormonais: Atualmente acredita-se que as pílulas com baixo teor hormonal, em mulheres que não fumam e não tenham outros fatores de risco, não aumentem, significativamente, a ocorrência de AVC. 

Condições de vida: Uma pesquisa da Associação Americana Derrame, sugere que homens solteiros ou infelizes no casamento correm mais risco de sofrer AVC [4]. 

Malformação arteriovenosa cerebral: Distúrbio congênito dos vasos sangüíneos do cérebro nos sítios onde exista uma conexão anormal entre as artérias e as veias.[5] 

Prevenção 

Como todas as doenças vasculares, o melhor tratamento para o AVC é identificar e tratar os fatores de risco como a hipertensão, aterosclerose, o diabetes mellitus, o colesterol elevado, cessar o tabagismo e o etilismo, além de reconhecer e tratar problemas cardíacos. A essa prática se dá o nome de prevenção primária. 

Se houver atendimento médico rápido, dentro de um determinado tempo, a área afetada poderá ser normalizada. A essa prática de prevenção que se baseia no atendimento médico eficiente se dá o nome de prevenção secundária. 

Caso ocorram sequelas, deve ser iniciado um programa de reabilitação e cuidados com o paciente que inclui equipe multidisciplinar, ou seja, com vários profissionais de diferentes áreas da saúde - fisioterapia, fonoaudiologia, psicologia, técnicos em enfermagem, enfermeiros e médicos. A reabilitação é um tipo de prevenção terciária do paciente.


Fonte do artigo: http://pt.wikipedia.org
Fonte da iamgem: http://www.google.com.br



quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Que tal um cappuccino com sabor cítrico?

18:38

Cappuccino Cítrico!



Que tal  um cappuccino com um sabor cítrico? Hoje a dica vem lá do Mexido de ideias


Por Stela Morato
Toda vez que descasco uma mexerica fico embevecida com o perfume que exala da casca. Perfumes e sabores complementares são sentidos. Nunca sabemos bem onde começa um e termina o outro. No desejo de capturar esse sentido tão efêmero e transformá-lo em algo mais palpável, resolvi colocar a casca da mexerica numa infusão de água quente toda vez que descasco uma. Claro que lavo bem a fruta antes de descascá-la e depois resolvo o que fazer com ela. 
Fonte da imagem: Google

Mexerica é um termo mais comum nas regiões Centro-Oeste e Sudeste, especialmente em Goiás, Minas Gerais e no Espírito Santo. Conhecida também por Tangerina

Outro dia usei o líquido para preparar meu cappuccino decaf. O perfume e sabor suaves agregaram um toque diferente à bebida. Você pode deixar a infusão por mais tempo para o sabor ficar mais intenso. Experimentem! Antes, eu ficava desconfortável com o cheiro da fruta remanescente nas mãos quando descascava. Agora, tomo partido e aproveito esse presente da natureza. 

Receita de Cappuccino Cítrico

Ingredientes:
2 colheres (sopa) de Cappuccino Decaf
1 xícara de água
1 casca de mexerica Modo de Preparo:
Faça uma infusão de cascas de mexerica, deixando em água quente por no mínimo 1 hora.
Depois, esquente esta água e prepare o cappuccino com ela e pronto! Cappuccino com toques cítricos naturais à sua disposição


Fonte do artigo e da primeira foro :http://www.mexidodeideias.com.br/